Século

“Se o país mantivesse a mesma taxa de crescimento da renda per capita do período de 1985 a 2005, levaríamos 100 anos para dobrar nossa renda per capita. Ou seja, um século para atingir o nível de renda semelhante ao de Portugal”, disse o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Armando Monteiro Neto. Ele está preocupado em manter um ritmo forte de crescimento, por longo prazo.

PPP
Acesso à Internet em banda larga por R$ 5. Essa é a promessa do projeto de parceria público-privada para levar a rede a 92 municípios do Rio de Janeiro até 2010. A proposta prevê prazos de concessão de cinco a 35 anos. Para atrair a iniciativa privada, o governo estadual oferece a chamada “receita garantida”, que é a certeza de que os serviços hoje pagos pelo governo pela rede serão mantidos, e o “fundo garantidor”, um instrumento jurídico que permitirá aos empresários garantia líquida em caso de inadimplência do poder público. A tarifa social atenderia a uma banda “meio larga” – 128k, ou apenas duas vezes mas rápida que a linha discada convencional. Resta saber se os R$ 5 não são apenas factóide. É bom lembrar que o Governo Federal, ao lançar a TV digital, prometia caixas conversoras a R$ 100 – valor que deverá ser multiplicado por sete quando o discurso virar realidade.

Privatização
Nas localidades em Minas Gerais em que o serviço de distribuição de água foi privatizado, a tarifa aumentou 200%, denunciou o pesquisador e escritor Rui Nogueira, que realiza, há seis anos, um estudo sobre o setor no mundo. No Rio de Janeiro, a Cedae, companhia estatal de saneamento, admite a privatização parcial em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Segundo o presidente da empresa, Wagner Victer, a Cedae encontrava-se em estado caótico quando ele assumiu a presidência e o seu objetivo é o de reestruturar a companhia para que ela possa voltar a crescer. “Só em Belford Roxo, temos 3 milhões de contas vencidas, o que totaliza R$ 250 milhões. Se tivéssemos condições, continuaríamos com o controle da estação de tratamento da cidade. Mas não há dinheiro para realizar os investimentos necessários naquela área”, disse Victer, completando que parcerias precisam ser feitas para que a instituição possa manter a sua rentabilidade.

Oportunidades
O secretário fluminense de Desenvolvimento Econômico, Julio Bueno, será recebido nesta quarta-feira pelo presidente do Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro (CDL-Rio), Aldo Gonçalves, na sede da entidade, para um almoço-palestra com os empresários do comércio lojista. Julio Bueno vai falar sobre oportunidade de investimento no estado.

Doença
O Tribunal de Contas da União (TCU) apura irregularidades na aplicação de recursos públicos destinados à Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro. O TCU constatou realização de despesas indevidas na aquisição de bens e contratação de serviços fora das finalidades do Programa Saúde da Família. O ministro Valmir Campelo foi o relator do processo.

Artigo anteriorContra a baixaria
Próximo artigoCapital
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Quem ganha com desempenho do PIB brasileiro

Setores beneficiados pelo dólar crescem, enquanto desemprego bate recorde.

Alta recorde de commodities vai continuar por quanto tempo?

Diante de juros baixos, especulação vai para ativos reais.

Projeto de AMLO não atrai classe média mexicana

Presidente consegue vitórias nas eleições, mas perde voto urbano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Anvisa, vacinas e mortes

Por Pedro Augusto Pinho.

Só 2% de 1,3 bi de pessoas receberam dose da vacina na África

Continente precisa de 225 milhões de doses para cumprir meta até setembro.

Unctad: Após covid planeta deve ter recuperação mais verde e inclusivo

Fórum promove o diálogo sobre como o comércio pode contribuir para um mundo mais próspero, inclusivo e sustentável, que beneficie as pessoas.

Ethimos abre 34 vagas de emprego no estado de SP

Oportunidades são para a capital e oito cidades do interior.