Aluga-se

“Nos tempos da corrupta máquina eleitoral de Tammany Hall, considerava-se político honrado aquele que “once bought will stay bought” (“uma vez comprado, permanecerá comprado”). Hoje, já não se compram políticos; alugam-se por mês. Amanhã, será por semanas, dias, horas.” A crítica é de Rubens Ricupero, em artigo que será publicado este final de semana.

Desculpa inútil
O desempenho do IPCA sinaliza que não há pressão inflacionária e indica a convergência para a meta estipulada pelo Banco Central. Essa associação fica ainda mais evidente quando observamos que a média dos núcleos continua indicando percentual anual abaixo de 6%, analisa João Carlos Gomes, economista da Fecomércio-RJ. Para julho a previsão da entidade é de inflação em torno de 0,2%, valor bem abaixo do previsto anteriormente, já que o reajuste da tarifa de energia elétrica em São Paulo vai ser negativo, ou seja, o preço vai cair. “Assim, a deflação de junho e o resultado de julho podem servir como bons argumentos para o Copom iniciar, em agosto, o ciclo de queda dos juros básicos da economia”, afirma Gomes.
O resultado da inflação oficial comprova que a alta da taxa de juros guarda pouca relação com a intenção de segurar os preços. O motivo pode ser procurado na necessidade de atrair capital especulativo, acompanhando a alta da taxa de juros dos Estados Unidos, e remunerar regiamente os rentistas.

Cachimbo da paz
A Federação das Câmaras de Comércio Exterior (FCCE), realizará na segunda-feira, às 14h, no edifício sede da CNC, no Rio de Janeiro, o  Seminário Bilateral de Comércio Exterior e Investimentos Brasil-Argentina. O evento termina às 18h, com pronunciamento do embaixador  José Botafogo Gonçalves, ex-embaixador do Brasil na Argentina.

Multa
A partir desta segunda-feira as subprefeituras da capital paulista começam a multar os grandes estabelecimentos comerciais e de serviços que realizarem operações de carga e descarga fora dos horários determinados pelo decreto do prefeito José Serra (das 22h às 6h, em dias úteis, das 14h à meia-noite, aos sábados, e em qualquer horário, aos domingos e feriados). Para o superintendente da Associação ECR Brasil, Claudio Czapski, a lei, apesar das alterações incluídas no texto original, ainda é genérica, pois não considera as particularidades de cada estabelecimento comercial. Uma das mudanças mais significativas foi a liberação de caminhões com até 6,3 metros de comprimento para fazer entregas diurnas.

Shopping
O superintendente da Associação Brasileira de Lojistas de Shoppings (Alshop), Luis Augusto Ildefonso da Silva, diz que existem alguns setores da cadeia de abastecimento que continuam com dificuldades para se adaptar às regras do prefeito Serra. “As lojas alimentícias localizadas em shopping centers serão muito prejudicadas.”

Artigo anteriorPintura de guerra
Próximo artigoMala
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Quem ganha com desempenho do PIB brasileiro

Setores beneficiados pelo dólar crescem, enquanto desemprego bate recorde.

Alta recorde de commodities vai continuar por quanto tempo?

Diante de juros baixos, especulação vai para ativos reais.

Projeto de AMLO não atrai classe média mexicana

Presidente consegue vitórias nas eleições, mas perde voto urbano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Anvisa, vacinas e mortes

Por Pedro Augusto Pinho.

Só 2% de 1,3 bi de pessoas receberam dose da vacina na África

Continente precisa de 225 milhões de doses para cumprir meta até setembro.

Unctad: Após covid planeta deve ter recuperação mais verde e inclusivo

Fórum promove o diálogo sobre como o comércio pode contribuir para um mundo mais próspero, inclusivo e sustentável, que beneficie as pessoas.

Ethimos abre 34 vagas de emprego no estado de SP

Oportunidades são para a capital e oito cidades do interior.